E assim começa

E cá vou eu.

Depois de muito tempo a pensar: não, não, sou web developer portanto vou usar o meu código para construir um blog, finalmente consegui sacudir esse estigma e lancei-me para o wordpress.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *