Marco quem?

Nascido e criado por um pai fantástico no Alentejo, fiquei fascinado pelos computadores quando vi um na televisão. Nem sabia bem o que era mas queria um 🙂

Este desejo acompanhou-me durante uns aninhos, até hoje, e acabei por ir para Eng. Informática na FCT – UNL.
A meio do curso, no 3º ano do antigo currículo, tirei um curso de Introdução à Programação Web na FLAG. Era direccionado para designers e não para programadores mas deu para ganhar o gosto pela área.

Em 2007, comecei a enviar currículos para um part time e uma das entrevistas foi com o grande Tiago Costa da WayNext, onde entrei passados 2 dias e onde continuo.

Sobre a tag line

Father / Pai
Antes de tudo, sou pai.
O nascimento da minha filha marcou uma reviravolta da minha vida em que, de repente, todos os valores e prioridades se alteraram.
A minha tagline não é ordenada por importância excepto neste ponto.

Geek
Pois, sou geek. Gosto de computadores (pc’s, macs, whateva), gadgets, ficção científica e sou um zero a jogar futebol.
O meu SO de eleição é Debian (server e desktop) e prefiro o comando linha ao rato.

Webdeveloper
É o que faço da vida. E bónus, gosto! 🙂

Mini sysadmin
Também faço essa coisa de gerir servidores, i.e. mantê-los a funcionar sem o telemóvel tocar às tantas da madrugada e ir a correr para o datacenter.

Treehugger (abraçador de árvores?)
Não sou activista nem extremista nem outros ‘istas’ relacionados mas tento não estragar o planeta com excessos estúpidos típicos dos humanos.
Também consigo abraçar uma árvore sem perder a masculinidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *